Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Pessoas’ Category

Toplessaço – 21/12/13

Mulheres e homens se uniram em Ipanema, nesse sábado, na luta por direito a fazer topless na praia.

Imprensa, curiosos e participantes do evento na Praia de Ipanema

Imprensa, curiosos e participantes do evento na Praia de Ipanema

O evento, intitulado toplessaço, foi divulgado através do Facebook com adesão maciça: mais de 8000 confirmaram presença na pagina do evento. Como tudo hoje na era virtual, na prática a adesão não foi proporcional à confirmação.

Mais do que fazer topless, o evento preza para maior liberdade na naturalização dos corpos, pelo fim da repressão policial e por uma cidade livre da visão machista.

Mulheres e homens pintados

Mulheres e homens pintados

Corpos pintados: protestos!

Corpos pintados: protestos!

Além da impressa, muitos curiosos e alguns com atitudes machistas intimidaram o movimento, tanto que a certa altura, bem precoce ao término do evento, poucas pessoas mantinham a naturalidade em fazer seu topless sem preconceito.

Após Leila Diniz (1945 – 1972) iniciar a prática do topless nos anos 60/70, o ato – natural nas praias européias – não vingou em terras, digo, areias brasileiras.

Algumas admiravam as lentes...

Algumas admiravam as lentes…

Curtindo o evento com naturalidade

Curtindo o evento com naturalidade

Policiamento móvel de final de semana comum.

Policiamento móvel de final de semana comum.

Aos poucos durante a tarde, uma ou outra banhista que participou em apoio ao movimento, colocou novamente a parte de cima como forma de minimizar os bolinhos de curiosos e assédios inconvenientes.

  • Opinião de quem aderiu:

Ana Luísa Fonseca relata sua participação do evento: “Fui porque acho importante mostrar não só para as pessoas dos sexo masculino, mas para a sociedade o quanto nos prendemos a coisas pequenas. Todos os dias, milhares de mulheres são agredidas física e verbalmente por conta da ignorância de muitos. É preciso ser tolerante e enxergar situações (topless, decote, roupas curtas) como atos naturais, comum a tod@s nós! Crianças acompanhadas de seus pais mães permaneceram ao lado de nós, mulheres que manifestávamos, e até pediram para tirar fotos. Um par de seios nus, vai tirar a inocência ou irá agredir a quem quer que seja.”

Sara Winter, ex-integrante do FEMEN, veio prestigiar. Grata surpresa poder conhecer pessoalmente ela e o marido.

Descontração e novas amizades

Descontração e novas amizades

Fotógrafos em ação.

Fotógrafos em ação.

  • Opinião do bloguista e fotógrafo:

A baixa adesão, desproporcional às redes sociais, não tira o valor e repercussão do evento.

Mostra sim que mesmo com milhares de favoráveis à liberdade de expressão do topless, a sociedade e seus tabus têm um peso ainda muito alto, intimidando participações públicas.

O tabu é algo que fixa na cabeça das pessoas, vejo isso até em quem está voltado para a liberdade de expressão. Algumas participantes não se sentiam a vontade diante das câmeras. Eu, como sou educado, deixei de registrar cerca de 50% ou mais do evento, mas as mesmas que recusaram ou questionaram lentes apontadas estão em diversos meios de comunicação. Algo que deveria ser natural e positivo visto a divulgação do evento e a própria finalidade do ato, pois o intuito não seria que os seios sejam visto com naturalidade, como qualquer outra parte do corpo? Que sejam retratados, filmados e admirados como admiramos um fio de cabelo, uma barriga ou qualquer parte do corpo. De preferência sem parâmetros de comparação ou biotipo de mídia, porque o corpo humano deve ser visto com o respeito e valor independente de padrão de beleza previamente moldado pela sociedade. Tudo bem que o assédio e o calor da situação tiraram toda a naturalidade do ato, o clima fica realmente tenso nessas horas.

Isso não é um convite! Direito a todas independente de idade, perfil.

Isso não é um convite! Direito a todas independente de idade, perfil.

Proibido por lei. A busca pela legalização do Topless

Proibido por lei. A busca pela legalização do Topless

Mulheres e maridos unidos pela legalização do Topless.

Mulheres e maridos unidos pela legalização do Topless.

A grande maioria dos meios de comunicação está escrevendo da grande quantidade de pessoas fotografando em comparação ao pequeno número de adesões. A imagem é fundamental: Este ano, certo jornal Francês rodou uma edição completamente sem fotografias: uma crítica para mostrar a importância da comunicação visual e sua valorização na mídia.

Achei o máximo o evento, apoio incondicionalmente! Mas vou confessar que de certa forma, em alguns momentos, eu como fotógrafo me senti incomodado, mais precisamente discriminado. Fui para registrar o evento com toda naturalidade do mundo com respeito e foi o que fiz e vejo milhares de pessoas pichando: “eram como animais com câmeras apontadas”. Eu não cheguei no horário mais tenso, e claro que a cada momento de oportunidades, cliques e mais cliques seriam disparados. Isso seria natural, muitos estavam realizando seu trabalho, me espanto com a surpresa. O que realmente existe e vi, alguns poucos, sem noção que soltavam piadinhas e cantadas ao vento. Mas no geral a grande maioria respeitando os espaços. Agora, registro, de um evento marcante, com seios de fora ou não, seria o mínimo esperado. Imagine se das 8 mil pessoas, 500 ou somente 100 estivessem lá, ativamente participando? Seria aí normal o número de fotógrafos?

Entrevistas!

Entrevistas!

Luz, câmera, ação!?

Luz, câmera, ação!?

Lembrei de uma impressão que tive quando fui fotografar um Fashion Rio: Mesmo com grande volume de pessoas, modelos, etc… a grande maioria dos profissionais eram dos meios de comunicação.

Fica uma controvérsia: mostrar os peitos não é o problema e sim mostrar a cara. Infelizmente, em pleno século 21, a sociedade brasileira continua machista, feminista ou a discriminar o corpo com pudor excessivo. Quero enfatizar que eu admiro essas mulheres, mesmo com todo temor que não deveriam demonstrar neste momento, pois é contradição fazer o topless e não se sentir orgulhosa com seu corpo, a ponto de deixar o tabu ou o que for interferir.

Fotógrafos e participantes avesso às fotos.

Fotógrafos e participantes avessos às fotos.

Ambulantes, famílias, conviver em harmonia.

Ambulantes, famílias, harmonia.

Não liguem para as críticas, pois criticar é inerente ao ser humano, principalmente quem não faz nada para mudar ou melhorar o mundo. Coloquei todos os fatos jornalísticos deste evento, tantos os positivos e negativos. Reparo que a mídia jornalística só enfatiza os fatos negativos, como o maior defeito do mundo: apontar defeitos e criticar negativamente. Olhei minhas fotos ao estar finalizando o post, e o que vejo são momentos de alegria, descontração, liberdade, harmonia.

Em resumo: desculpe se fui enjoado nos comentários, amei o evento! Friso novamente:

  • Coisas que me incomodaram:

– homens, maioria pivetes mexendo com quem aderiu;

– Imprensa taxando fracasso do evento devido pouca adesão na areia;

– Comentários colocando os fotógrafos como lobos, animais babando por uma foto (fotógrafos são “animais” que lutam por fotos até de político);

– Gente que aderiu e não queria ser fotografada (deixei de mostrar imagens belas e naturais para somar com a causa).

  • Coisas que achei o máximo:

– Homens que apoiaram pintando o corpo ou usando biquíni.

– Não importa a quantidade, as pessoas que compareceram representam o desejo de uma grande massa.

– Quem não se importava em ser fotografada.

– A grande maioria da praia estava curtindo naturalmente.

A luta não foi e não deve ser em vão. Tem que ser contínua, só assim podemos colher os frutos de uma sociedade mais justa e com liberdade de expressão e cultura.

Meu corpo meus direitos/ Macho Feminista

Meu corpo meus direitos/ Macho Feminista

Que venham os próximos Toplessaços, até um dia ser natural e comum ver “mulheres de peito” em comunhão com a natureza, como nós homens, seus amigos e famílias: sem tabu com o próprio corpo.

– Lauro Andrade é especialista em nu artístico e fotografias 360º
add Facebook: lau.andrade@hotmail.com (identifique-se)

Read Full Post »

Preciso falar alguma coisa? Sendo você com ou sem namorado(a) enamore-se pelas imagens…

Loves in the air...

Amor Bombeiro

Amar é... correr juntinhos 😉

O som do Amor.

É o amor...

Namoradas. Amor não escolhe sexo. Não a homofobia!

A lua vem brindar os enamorados!

Fotografe seu amor… *-*

Enamorados em alta velocidade! Oktane Track Day - Autródomo Nélson Piquet

Read Full Post »

Ser Criança

Olá, crianças! Este post é dedicado a todas as crianças. Crianças pequenininhas, crianças carentes, crianças do coração! Porque crianças, ou somos, já fomos e se Deus quiser, voltaremos a ser!

Criança = espontaneidade

Fotografar crianças e o retrato da inocência, do sorriso espontâneo do olhar feliz! Quer um pouco de alegria? Saia para fotografar uma criança! Ou, claro…me contrate para isso, rs.

Crianças não perdem a pose onde estiverem

Crianças por não ter toda noção de perigo do medo, não podam suas emoções, não limitam a necessidade fugaz de ver tudo a sua volta, de maneira original o olhar de uma criança é diferenciado e atento a todas novidades que nem todos enxergam.

"Brincadeira de criança"

Esta inocência impulsiona para novas descobertas, em busca sempre do novo, do desconhecido, do excitante.

Por tudo isso quando alguém brinca comigo me chamando de criança ou bobo, não me chateia nem um pouco, pois sei que cultivo com orgulho meu lado criança de ser. Quero poder ter o olhar original e atento das crianças para captar fotos inocentes, quero ter menos medo, para ousar em minhas fotos, na vida, no amor.

"Sorriso de criança"

Se todos juntassem um pouco de ser criança no coração, veríamos um mundo de uma maneira diferente, certamente com mais amor, e claro, mesclando experiência para alcançar mais facilmente o sucesso.

Fotografar crianças - pura emoção

Olhe diferenciado para uma criança, não reprima sem se colocar na visão ampliada dela. Ampare as mais necessitadas para que tenham saúde de enxergar o mundo como criança e serem um adulto mais capaz.

Criança - fonte da juventude

Lembram de artistas que pensamos serem loucos? Não não, agora vejo que não são loucos, somente afloraram o lado criança de ser com toda força, com toda plenitude.

Cut cut

Deixe uma porção desta pitada criança em seu coração, mescle-a e seja mais feliz!

Feliz dia das crianças, meus amigos, minhas crianças! 😉

Crianças falam sem pensar, não deixam passar em branco…então escreva seu pensameto sobre este post aqui, criança! 😉

Pescaria - esta foi ontem, na véspera do dia das crianças

Read Full Post »

1º de setembro, dia do Educador Físico. O profissional que cuida do seu preparo físico.

Interessante que ontem foi o dia da Nutricionista, faz um par interessante: uma boa alimentação com bom condicionamento físico.

Condicionamento físico= Qualidade de vida= Boa foto \o/

Bem, não se espelhem em mim, rs… mas nas minhas fotos! Neste post vou fazer a homenagem ao Educador Físico, pois direta ou indiretamente é responsável por manter as modelos, artistas, pessoas comuns, enfim uma grande parte dos retratados por mim, em boa forma. Manter a plasticidade de um corpo definido e a plasticidade para fazer fotos mais ousadas e belas.

Sem o Educador Físico a modelo certamente não teria esta desenvoltura.

Dedicação às orientações do Educador Físico = força e equilíbrio

Plástica, força, equilíbrio - corpo e imagem

Fotografar quem está de bem com a vida , corpo e mente sã, é um bom caminho para o bom resultado. Mas como dizem: nada vem sem dedicação e sacrifício  “No Pain, No Gain”.

Mas o importante é que esta máxima fitness, “No Pain, No Gain”, tem que ter acompanhamento do profissional de educação física, que acompanha e sabe dosar a carga necessária para resultados satisfatórios sem lesões por exforço ou posicionamento indevido.

Pernas torneadas - academia e acompanhamento

O corpo é ferramenta para fotos autorais

Expressão corporal é fundamental em fotos artísticas

Se você segue orientação de um bom profissional de educação física, tem um corpo e mente aberta, pode entrar em contato para fotos autorais/artísticas de interesse mútuo.

Foto artística - "contraluz"

Artistas seguem a risca o Educador Físico para manter a forma

Artista precisam estar sempre em forma tanto para manter uma boa imagem, como para aguentar as maratonas nos palcos. Sempre com a orientação do seu preparador físico.

Músculos em plena forma

Parabéns Educador Físico, seu trabalho é fundamental em todos os seguimentos e classes sociais. O resultado eu agradeço e registro com minha câmera, meu olhar!  😉

Read Full Post »

Hoje, no dia mundial da fotografia: 19 de agosto. Não vou postar fotos elaboradas ou técnicas fotográficas. Vou dar destaque à aquele quem gera o material final, quem gera as imagens que tanto amamos e utilizamos, o fotógrafo e seus equipamentos diversos.  

Fotografando no Jockey Club

Um pouco de história da fotografia: em 19 de agosto de 1839, a Academia de Ciências de Paris, reconheceu a pesquisa de Daguerre do método de gravar e fixar imagens por meio de câmera obscura.  Por isso foi instituída esta data como o dia mundial da fotografia.  

Equipamento: Lente da série L da Canon - Sonho de consumo fotográfico

Fotografando com descontração.

Interessante: a descoberta da fotografia, gerou uma grande polêmica entre os pintores da época. Eles acreditavam que o novo método acabaria com a pintura. Esta discussão com representantes das artes plásticas fez com que pintores resistentes à utilização da fotografia procurassem por uma nova forma de expressão, dando origem ao movimento impressionista, que, aos poucos, encontrou rumo e reconhecimento na história das artes visuais.  

Fotografando a arte do grafite.

Desde estes tempos a fotografia vem evoluindo e hoje estamos na era digital. Mas nada substitui o olhar, os pensamentos e ideias de quem esta por traz das câmeras, comandando a ação para gerar seu trabalho, hobby, registro ou arte fotográfica. 

Colega de trabalho na Expo Noivas & Festas

Então você que pinta com luz uma fotografia é o responsável por belas e belas imagens, não importa se é  um profissional ou um amador apaixonado, a fotografia é feita não só por equipamentos e sim primordialmente pelo olhar de quem está criando. 

Workshop de Nµ Artístico

Boas fotos sempre! Parabéns a todos geradores de emoções fotográficas 😉

Read Full Post »

Recorte de cores, evidenciando o a textura do jeans

Fotografar, além de tudo é sempre uma paixão, pelo menos para mim.
E paixão, nos leva a fugir um pouco do comum, ser mais nostálgico, mais inspirado e quando estes sentimentos afloram, até ousar sem compromissos e se entregar… remeter a arte.
Quando falo de nostalgia em fotografia, fotos em preto e branco inspiram e vem à mente. Mas que tal ousar um pouco? Uma pitada levemente apimentada de cor pode ser a ousadia que faltava, para elevar a nostalgia em arte. 

Color Cut Out pode ter resultados interessantes em fotos com pessoas.

Esta técnica de alterar a fotografia com pitadas de cor, chama-se “color cut out”. Traduzindo ao pé da letra: recorte de cores. 

Recorte de cores gradual p/ maior dramacidade na cena da garrafa Pet

Cut out é a arte de descolorir parte de uma fotografia, ao editar a imagem, deixando alguma área em destaque colorido. Vários programas de edição de imagem podem ser usados para esta técnica, eu particularmente uso o Photoshop, que é o melhor programa de edição de imagens indiscutivelmente. 

Pequeno detalhe, sutileza faz a diferença.

Existem vários tutoriais ensinando esta técnica, o importante a meu ver, é saber identificar como usar e ter um resultado agradável, diferenciado e que expresse uma boa comunicação visual, transformando fotos comuns em pequenas artes para apreciação. 

Usar e abusar da criatividade

Brincar com as cores...

...dar "vida" com cores

Ouse, experimente, tente, invente… ou agende seu ensaio 😉

Read Full Post »

Como era de se esperar o Salão fotográfico Nµ Artístico 2010 foi um grande sucesso.

Agradeço a todos que direta ou indiretamente  apoiaram este evento, aos amigos que me prestigiaram com sua presença e também aos que por algum motivo não puderam ir, mas o pensamento estava junto comigo, meu trabalho e minhas fotografias. Valeu pela energia e positividade!

Parentes e amigos marcaram presença! Adoro!

Galera apreciando a fotos no telão

Além da exposição fotográfica, o Salão, na glamurosa Casa da Glória, contou com telão onde passaram um pouco mais dos trabalhos dos fotógrafos participantes. Performances temáticas com fotografia ao vivo. Vou postar algumas que podem só para dar um gostinho, durante essas seções de nµ ao vivo é que vimos como o Salão ficou grande e não comporta mais espaço para todos fotografarem com mínima tranquilidade.

Fotógrafos espremidos aguardando fotografar performance de nµ ao vivo.

Fiquei num local péssimo, muita gente na frente…perdi muitas fotos cabeça, cotovelos, bonés, com alguma sorte e insistência saiu uma ou outra foto. 

Olha quanta gente na minha frente! Milagre fotografar algo, rs.

Para o Salão fotográfico de 2011 os organizadores devem procurar um local tipo um teatro para melhorar neste ponto, mas o que importa é a socialização, participação de grandes profissionais e oportunidade de ver fotografias magníficas de nµ artístico. Foi muito bom ver a qualidade de todos que contribuíram expondo  seus trabalhos.

Braço de fotógrafo invadindo a cena. Permitiu inserir esta foto no post pelo menos.

Boas fotos só em raros instantes através do "túnel" imaginário

O corpo humano em arte

Só posto até aqui...antes do lençol cair...

A partir desta foto fico devendo, só em meu portfólio pessoal ou em futura exposição. Interessada em posar? Deixem seus recados em comentários, para manter o sigilo, não salvarei.

Aguardo vocês no Salão Fotográfico Nµ Artístico de 2011. 😉

Agende já o seu ensaio fotográfico!!!

Read Full Post »

Older Posts »