Feeds:
Posts
Comentários

Retrospectiva 2014

Mais um ano se passou, assim, do nada chegamos voando às vésperas de 2015. Foi um ano proveitoso graças a Deus! Em termos fotográficos o ano foi iniciado com toda alegria após ter uma de minhas fotos escolhida como a melhor foto do ano no Salão Fotográfico Nu artístico.

Melhor foto do Ano - 1º lugar Salão Nu Artístico

Melhor foto do Ano – 1º lugar Salão Nu Artístico

Aproveito para fazer uma pequena retrospectiva do ano fotográfico, vão reparar que não é uma retrospectiva do blog, que ficou sem postagem até o momento este ano. Mas aí vai para não passar em branco…

Nem só de equipamentos profissionais se faz uma foto. Com a ninhada recém nascida, vai de celular mesmo para registrar o momento.

Foto de celular

Nasceram! Desta ninhada ficamos com o Thor – 13/01/14 – Foto de Celular

“Não é o ângulo reto que me atrai.
Nem a linha reta, dura, inflexível,
criada pelo homem.
O que me atrai é a curva livre e
sensual.
A curva que encontro nas
montanhas do meu país,
no curso sinuoso dos seus rios,
nas nuvens do céu,
no corpo da mulher amada.
De curvas é feito todo o universo.
O universo curvo de Einstein.”

Oscar Niemeyer (Fevereiro de 1988)

Esta foto do primeiro ensaio artístico de 2014, me remete ao poema acima.

!º Ensaio artístico de 2014 - Curvas

!º Ensaio artístico de 2014 – Curvas

O simples é mais

O simples é mais

Pedras - Corte

Pedras – Corte

Foram três ensaio artísticos em janeiro… mas nem todos posso postar! E assim vai o tabu e o preconceito com arte.  Mas serve como retrospectiva… E não minimiza em nada o trabalho de enaltecer a beleza do nu artístico, e de minhas fotografias.

Uma das coisas marcantes em 2013/14 foi a implosão do Viaduto do Perimetral no Rio de Janeiro. Esta foto tem um grande valor para mim, pois foi decidida de momento, me veio a ideia durante outro evento, ainda no início da tarde do mesmo dia, comentei com as modelos e fomos em busca das tão famosas vigas do Perimetral. Conseguimos somente 10 minutos para tirar as fotos e está aí um dos resultados:

Entre as vigas do Perimetral.

Entre as vigas do Perimetral.

Retrospectiva (do latim: retrospectare, “olhar para trás”) significa, geralmente, rever e relembrar eventos que já ocorreram, em forma de um relato ou analise. Muitas vezes é organizada ao final do ano referente aos eventos ocorridos ao decorrer daquele ano. (Fonte: Wikipédia).

Olhar para trás na fotografia pode ser também fotografar espelhos, reflexos… 😉 “Onde #olhar para trás é #ver um novo ciclo da #natureza, #entardecer #afternoon #carro #car #retrovisor” Fonte (instagram/lauroandrade_)

Retrovisor...

Retrovisor…

Quando um ano se inicia, procuramos olhar para o horizonte, é uma forma simbólica de manter o foco em algo palpável. Na fotografia o por do sol é um momento mágico, admirado por todos, por mais clichê que possa ser, eu não resisto um belo por do sol, mesmo se for para registrar com celular, como na foto abaixo:

A porteira...

A porteira…

Carambolas, como o tempo e um ano passa voando!  A fotografia aproxima, nos faz mais amigos, despertas desejos, encanta com a natureza! …mais algumas fotos deste 2014:

Carambola.

Carambola.

Namastê.

Namastê.

Cervejaria.

Cervejaria.

Entardecer...

Entardecer…

Em homenagem ao dia internacional das mulheres 2014:

“Por mais que estejas turvo,
Novos horizontes virão…

Foto sem Photoshop!
Parabéns hoje e sempre,
Mulheres inspiradoras!”  Lauro Andrade

Força da natureza.

Força da natureza.

O mundo fotográfico de 2014 Na visão dos meus mundinhos (Little Planet):

Parque da Cidade - Ao por do sol.

Parque da Cidade – Ao por do sol.

Igrejinha - Paciência

Igrejinha – Paciência

Adestramento - Cães

Adestramento – Cães

Para encerrar, uma sequência de 2014 da minha especialidade: Nu Artístico –

A Porteira... 2

A Porteira… 2

Outubro Rosa - Edição 2014

Outubro Rosa – Edição 2014

contraluz

contraluz

A Origem - Casal

A Origem – Casal

Um evento que me deixou emocionado já agora em dezembro, foi o lançamento da Coletânea Palavra é Arte – onde minha filha abre o livro que contêm várias narrativas de sua autoria.

O Mundo da leitura

O Mundo da leitura

Palavra é Arte

Palavra é Arte

Para um 2015 fotográfico => Agende seu ensaio!

FELIZ 2015!  \o/

Anúncios

Toplessaço

Toplessaço – 21/12/13

Mulheres e homens se uniram em Ipanema, nesse sábado, na luta por direito a fazer topless na praia.

Imprensa, curiosos e participantes do evento na Praia de Ipanema

Imprensa, curiosos e participantes do evento na Praia de Ipanema

O evento, intitulado toplessaço, foi divulgado através do Facebook com adesão maciça: mais de 8000 confirmaram presença na pagina do evento. Como tudo hoje na era virtual, na prática a adesão não foi proporcional à confirmação.

Mais do que fazer topless, o evento preza para maior liberdade na naturalização dos corpos, pelo fim da repressão policial e por uma cidade livre da visão machista.

Mulheres e homens pintados

Mulheres e homens pintados

Corpos pintados: protestos!

Corpos pintados: protestos!

Além da impressa, muitos curiosos e alguns com atitudes machistas intimidaram o movimento, tanto que a certa altura, bem precoce ao término do evento, poucas pessoas mantinham a naturalidade em fazer seu topless sem preconceito.

Após Leila Diniz (1945 – 1972) iniciar a prática do topless nos anos 60/70, o ato – natural nas praias européias – não vingou em terras, digo, areias brasileiras.

Algumas admiravam as lentes...

Algumas admiravam as lentes…

Curtindo o evento com naturalidade

Curtindo o evento com naturalidade

Policiamento móvel de final de semana comum.

Policiamento móvel de final de semana comum.

Aos poucos durante a tarde, uma ou outra banhista que participou em apoio ao movimento, colocou novamente a parte de cima como forma de minimizar os bolinhos de curiosos e assédios inconvenientes.

  • Opinião de quem aderiu:

Ana Luísa Fonseca relata sua participação do evento: “Fui porque acho importante mostrar não só para as pessoas dos sexo masculino, mas para a sociedade o quanto nos prendemos a coisas pequenas. Todos os dias, milhares de mulheres são agredidas física e verbalmente por conta da ignorância de muitos. É preciso ser tolerante e enxergar situações (topless, decote, roupas curtas) como atos naturais, comum a tod@s nós! Crianças acompanhadas de seus pais mães permaneceram ao lado de nós, mulheres que manifestávamos, e até pediram para tirar fotos. Um par de seios nus, vai tirar a inocência ou irá agredir a quem quer que seja.”

Sara Winter, ex-integrante do FEMEN, veio prestigiar. Grata surpresa poder conhecer pessoalmente ela e o marido.

Descontração e novas amizades

Descontração e novas amizades

Fotógrafos em ação.

Fotógrafos em ação.

  • Opinião do bloguista e fotógrafo:

A baixa adesão, desproporcional às redes sociais, não tira o valor e repercussão do evento.

Mostra sim que mesmo com milhares de favoráveis à liberdade de expressão do topless, a sociedade e seus tabus têm um peso ainda muito alto, intimidando participações públicas.

O tabu é algo que fixa na cabeça das pessoas, vejo isso até em quem está voltado para a liberdade de expressão. Algumas participantes não se sentiam a vontade diante das câmeras. Eu, como sou educado, deixei de registrar cerca de 50% ou mais do evento, mas as mesmas que recusaram ou questionaram lentes apontadas estão em diversos meios de comunicação. Algo que deveria ser natural e positivo visto a divulgação do evento e a própria finalidade do ato, pois o intuito não seria que os seios sejam visto com naturalidade, como qualquer outra parte do corpo? Que sejam retratados, filmados e admirados como admiramos um fio de cabelo, uma barriga ou qualquer parte do corpo. De preferência sem parâmetros de comparação ou biotipo de mídia, porque o corpo humano deve ser visto com o respeito e valor independente de padrão de beleza previamente moldado pela sociedade. Tudo bem que o assédio e o calor da situação tiraram toda a naturalidade do ato, o clima fica realmente tenso nessas horas.

Isso não é um convite! Direito a todas independente de idade, perfil.

Isso não é um convite! Direito a todas independente de idade, perfil.

Proibido por lei. A busca pela legalização do Topless

Proibido por lei. A busca pela legalização do Topless

Mulheres e maridos unidos pela legalização do Topless.

Mulheres e maridos unidos pela legalização do Topless.

A grande maioria dos meios de comunicação está escrevendo da grande quantidade de pessoas fotografando em comparação ao pequeno número de adesões. A imagem é fundamental: Este ano, certo jornal Francês rodou uma edição completamente sem fotografias: uma crítica para mostrar a importância da comunicação visual e sua valorização na mídia.

Achei o máximo o evento, apoio incondicionalmente! Mas vou confessar que de certa forma, em alguns momentos, eu como fotógrafo me senti incomodado, mais precisamente discriminado. Fui para registrar o evento com toda naturalidade do mundo com respeito e foi o que fiz e vejo milhares de pessoas pichando: “eram como animais com câmeras apontadas”. Eu não cheguei no horário mais tenso, e claro que a cada momento de oportunidades, cliques e mais cliques seriam disparados. Isso seria natural, muitos estavam realizando seu trabalho, me espanto com a surpresa. O que realmente existe e vi, alguns poucos, sem noção que soltavam piadinhas e cantadas ao vento. Mas no geral a grande maioria respeitando os espaços. Agora, registro, de um evento marcante, com seios de fora ou não, seria o mínimo esperado. Imagine se das 8 mil pessoas, 500 ou somente 100 estivessem lá, ativamente participando? Seria aí normal o número de fotógrafos?

Entrevistas!

Entrevistas!

Luz, câmera, ação!?

Luz, câmera, ação!?

Lembrei de uma impressão que tive quando fui fotografar um Fashion Rio: Mesmo com grande volume de pessoas, modelos, etc… a grande maioria dos profissionais eram dos meios de comunicação.

Fica uma controvérsia: mostrar os peitos não é o problema e sim mostrar a cara. Infelizmente, em pleno século 21, a sociedade brasileira continua machista, feminista ou a discriminar o corpo com pudor excessivo. Quero enfatizar que eu admiro essas mulheres, mesmo com todo temor que não deveriam demonstrar neste momento, pois é contradição fazer o topless e não se sentir orgulhosa com seu corpo, a ponto de deixar o tabu ou o que for interferir.

Fotógrafos e participantes avesso às fotos.

Fotógrafos e participantes avessos às fotos.

Ambulantes, famílias, conviver em harmonia.

Ambulantes, famílias, harmonia.

Não liguem para as críticas, pois criticar é inerente ao ser humano, principalmente quem não faz nada para mudar ou melhorar o mundo. Coloquei todos os fatos jornalísticos deste evento, tantos os positivos e negativos. Reparo que a mídia jornalística só enfatiza os fatos negativos, como o maior defeito do mundo: apontar defeitos e criticar negativamente. Olhei minhas fotos ao estar finalizando o post, e o que vejo são momentos de alegria, descontração, liberdade, harmonia.

Em resumo: desculpe se fui enjoado nos comentários, amei o evento! Friso novamente:

  • Coisas que me incomodaram:

– homens, maioria pivetes mexendo com quem aderiu;

– Imprensa taxando fracasso do evento devido pouca adesão na areia;

– Comentários colocando os fotógrafos como lobos, animais babando por uma foto (fotógrafos são “animais” que lutam por fotos até de político);

– Gente que aderiu e não queria ser fotografada (deixei de mostrar imagens belas e naturais para somar com a causa).

  • Coisas que achei o máximo:

– Homens que apoiaram pintando o corpo ou usando biquíni.

– Não importa a quantidade, as pessoas que compareceram representam o desejo de uma grande massa.

– Quem não se importava em ser fotografada.

– A grande maioria da praia estava curtindo naturalmente.

A luta não foi e não deve ser em vão. Tem que ser contínua, só assim podemos colher os frutos de uma sociedade mais justa e com liberdade de expressão e cultura.

Meu corpo meus direitos/ Macho Feminista

Meu corpo meus direitos/ Macho Feminista

Que venham os próximos Toplessaços, até um dia ser natural e comum ver “mulheres de peito” em comunhão com a natureza, como nós homens, seus amigos e famílias: sem tabu com o próprio corpo.

– Lauro Andrade é especialista em nu artístico e fotografias 360º
add Facebook: lau.andrade@hotmail.com (identifique-se)

ImagemDia 19 de agosto, dia mundial da fotografia. A arte de congelar um momento para posteridade tem seu dia fixado no marco do reconhecimento do método de Daquerre, pela Academia de Ciências de Paris nesta data em 1839.

A fotografia encanta seja em arte, registro, documentário. Casual, informal, impressa ou digital, virtual, emociona por igual.

Imagem

Sentimentos afloram com imagens! Das paisagens, cotidiano, ser humano… O que dizer ao ver fotos de outros tempos, que não voltam mais, dos que não estão mais aqui… dos que mudaram nossas vidas? E mudam a vida do mundo!

A foto abaixo não é de minha autoria, claro não lembro, pois sou o fofo e humilde nenê do batismo. 😉ImagemDesta vez, não vou enaltecer hoje somente os fotógrafos, que são maestros em fotografias, e que tem seu dia em 08 de janeiro, muitos confundem as duas datas. Hoje é o dia da fotografia, seja tecnicamente perfeita, seja momento único, ou meramente ilustrativo, viva a fotografia sua importância na memória e em tudo que se imagina, sem a fotografia, o momento vira memória fotográfica, se esvai… Limitada, em lembranças individuais sem visibilidade.

A fotografia é a arte! ImagemImagemImagemEntão não passe em branco! Que seja em preto e branco aos tons do arco Iris, não deixe de registrar seus momentos, seja ele o mais simples ou complexo. Seja no espelho, clichê, do celular ao mais sofisticado equipamento, fotografe-se, fotografe o mundo, por seus olhos ou por um profissional, mas enalteça a importância da fotografia que está em todos os momentos do mundo, estejas também em sua vida! ViVa a Fotografia! \o/

“O olho do homem serve de fotografia ao invisível, como o ouvido serve de eco ao silêncio.” Machado de Assis

ImagemImagem

“Fotografia: um maravilhoso mundo ao alcance do seu olhar!” Lauro Andrade

Veja também >> Dia Mundial da Fotografia 2010:

https://lauroandrade.wordpress.com/2010/08/19/dia-mundial-da-fotografia/

HotFair 2012

Fui neste final de semana conferir de perto a Hot Fair – o maior evento erótica da America Latina. Uma feira erótica, não pornográfica, que aconteceu de 20 a 25 de novembro de 2012 no pavilhão 2 do Riocentro, Rio de Janeiro.Imagem

Realmente o que se vê na feira é um ambiente tranqüilo, com muitos casais e pessoas em busca de novidades em produtos para apimentar a vida sexual para todos os gostos. Afinal sexo é vida!Imagem

Logo na entrada, para uma feira que pode pegar fogo, o Stand da Sensuale, precavido colocou um casal de bombeiros no sábado. Uma bela fantasia que atraiu o publico: Era fila para fotografar entre eles!

Humorados acessórios e locais que atraiam o público a fotografar… como este puf pênis:

Imagem

A feira contava além dos stands com atrações para a diversão e entretenimento dos visitantes, um palco principal com programação definida previamente no site Hotfair.com, um palco boate para shows, touro mecânico, digo: Penis Mecânico, e atrações reservadas bem mais picantes, que o fotógrafo aqui não foi conferir, por não poder fotografar e não ficaria bem para um homem casado, nota: o que mais ouvi é: “Por favor, não me fotografe, pois sou casada!”. ImagemImagem

Shows com grupos e cantores, animaram a Boate Hot Fair.  Destaque para o vozeirão da Juliana Farina, Grupo 100%ImagemImagem

A feira contou com a equipe da FM o Dia que brilhantemente animaram com atrações hilárias e picantes ao evento.  ImagemImagem

 

Bem, pessoal a muito estava afastado do blog, peço aqui minhas desculpas e espero que tenham gostado do retorno, bem hot para minimizar minha falta. Fiquem a vontade em comentar e venham acompanhar e seguir meus trabalhos fotográficos nas redes sociais.

Ahhh, e não podia deixar de postar famosos: Suzi Brasil e Amin Khader, a Rainha da Bateria da minha Grande Rio, Carla PrataImagemImagem   

Está faltando muito mais… mas depois avalio se faço mais um post. tem ainda alguns stands que deixaram fotografar, e mais belas fotos de gente bonita que fico devendo.

Sexo é vida, mas tenham responsabilidade! Faça sexo seguro… na feira as meninas do Canal Hot Sexy estavam distribuindo camisinhas…

ImagemImagem

 

Os números de 2011

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2011 deste blog.

Aqui está um resumo:

Um comboio do metrô de Nova Iorque transporta 1.200 pessoas. Este blog foi visitado cerca de 5.100 vezes em 2011. Se fosse um comboio, eram precisas 4 viagens para que toda gente o visitasse.

Clique aqui para ver o relatório completo

Obrigado a todos que diretamente ou indiretamente participaram para esses resultados!

Um 2012 cheio de realizações! Idealize, lute pelos seus projetos!

Tenham um 2012 fotográfico!!! 😉

É muito bom fazer coisas que gostamos claro que não é tão fácil e invariavelmente nem sempre dá para conciliar isso com facilidade. Uma coisa que gostaria muito seria postar com mais freqüência aqui no blog…
Ontem, por ser uma data especial para mim, não poderia faltar, não é? Mas o tempo não me permitiu…
Não teve tempo nem para um bolinho nesse niver, por estar longe da família, trabalhos, etc… mas como sou precavido guardei a foto do bolo do ano passado, kkk.
Parece besteira, mas lembrei de cada pedacinho deste bolo e do calor da família e amigos que compartilharam comigo esta imagem tanto fisicamente como nos comentários por onde postei essa delícia de foto. 😉

E qual seria o melhor presente do que postar fotografias que tirei com tanto carinho?

Tema de futebol em aniversário de criança.

Postei esta foto pois um dos presentes no meu niver, foi a vitória do meu time do coração: Vasco 2×0 Santos – Saudações vascaínas /+/

Este mês passado fiquei um pouco no sapatinho, rs.

Um anjinho, já sabe até imitar, rs.

Uma nova vida é sempre um presente de Deuas a se fotografar, desde a geração aos primeiros dias de vida. Uma benção.

Fotografar uma Musa - Pura inspiração fotográfica

Agradeço a Deus por fazer o que amo: FOTORAFAR
Meu último trabalho fotográfico foi o editorial de lingerie da belíssima musa do brasileirão, a TOP100 da revista VIP, Lucilene Caetano. Postei somente esta foto de cunho mais artístico, mas em breve vou colocar um post totalmente dedicado a essa seção fotográfica.

Lua de Julho - 2011

Gostei muito! Parece estúdio, mas foi ao entardecer na rua.

Essas duas fotos, da lua e da “tenista foram feitas no mesmo entardecer.

Fotografar com arte corpos e suas infinitas expressões, especialidade em meu trabalho.

Obrigado a todos que apóiam meu trabalho, a minha família, meus amigos…vocês fazem parte de tudo isso, sem ter com quem compartilhar ou para quem fotografar nada disso teria sentido… Se Deus me permitir mais um ano, espero ter vocês por aqui, flores e amigos do coração! 😉